segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Woodstock Museum

Esta notícia está com um pequeno atraso, mais vale comentar mesmo assim. Como estou escutando "To love somebody" da Janis, resolvi pesquisar sobre Woodstock e descobri que foi inaugurado em junho (e já não era sem tempo!), o museu de Woodstock, em Bethel, mais precisamente em Sullivan County, local onde o festival foi realizado em agosto de 1969.
O evento era preparado para 70 mil pessoas, mas atraiu mais de 400 mil alucinados, o festival foi um marco no movimento hippie e da contracultura.
O museu foi dividido em três partes. A primeira traz como atração uma geral da década que 60, em que o festival foi um dos marcos do fim da década. A segunda parte traz a história do festival de Woodstock, e a terceira mostra o impacto que o evento trouxe para a cultura e a arte nos anos seguintes.

Os anos sessenta foi um tempo em que, ainda acreditáva-se que o amor poderia ser livre e que as comunidades hippies seriam o futuro da humanidade.
Mas a ingenuidade, que era um marco da época,foi-se perdendo e a Esperança de paz, morreu com as pequenas guerras de todos os dias.Mas apesar de tudo, a utopia permanece.

Quem puder visitar Bethel, me mande um postal de lá...

Tipo assim: Eu fui! Você nãão!
Carpe Diem

Um comentário:

victor disse...

Tenho um filme sobre woodstock que diz que ultrapassaram 500 mil pessoas. Foi um marco, uma revolução cultural. Em 3 dias de festival não foi registrada nenhuma briga. Abraços