quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Sonhei


Sonhei


Sonhei com beijos de fogo em noites sem lua
Traindo-me queimando, queimando.
Vestígios da nudez de meus pensamentos.
Sempre vertentes...sempre.

Na penumbra deste sonho vi olhos verdes...
Tão claros quanto poderia ser
As folhas de uma palmeira
ou aquele mar das fotos do Caribe.

Beijos de fogo em noites sem lua
Pois assim é a escuridão dos meus pensamentos.
Vertendo como água de rios,
Não param nunca...nunca.

(eu)

Nenhum comentário: